Seguidores

Ola ! quer falar comigo?

quarta-feira, 28 de abril de 2010

MENSAGEM: No silêncio do ser




...

Preletor: Renata Lima*



No meio da luta e tribulação, muitas vezes o que mais desejamos é ter um ouvido amigo para desabafar. Queremos conversar, falar, expor nossos sentimentos e até mesmo chorar. Um ombro amigo para chorar muitas vezes é um presente de Deus em nossas vidas, não é verdade? Mesmo que saibamos que esse amigo ou amiga não tem o “poder” de resolver a situação, é bom mesmo abrir a nossa boca e falar, falar, falar...



Mesmo sem ter ninguém para conversar, sentamos e abrimos a boca por meio da oração para falar com Deus. Ele é aquele amigo que sempre está com as mãos estendidas para nos abençoar e ouvidos atentos para ouvir (Isaías 59.1). E muitas das vezes, nosso “falatório” transforma-se em murmuração. Não são poucas as vezes que começamos a falar e falar com o Senhor e essa ‘fala’ vem carregada de queixas, de ‘porquês’, de perguntas etc etc. Queremos até dar ordens a Deus, para que Ele faça isso, ou aquilo segundo a nossa vontade e não a Dele!



O profeta Jeremias em um momento de luta, tristeza e grande pesar, fez uma declaração um tanto quanto contraditória em relação à nossa ânsia de falar, falar e falar: “Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é aguardar a salvação do Senhor e isso em silêncio” (Lamentações 3.25-26.)



Calar-se quando somos acusados, calar-se quando somos injustiçados, calar-se quando queremos gritar por socorro... Um desafio para aqueles que esperam no Senhor. Um desafio, mas com a certeza de que Aquele que tem nas mãos o controle da nossa vida, NUNCA, JAMAIS perdeu uma batalha! Não será a sua que Ele vai perder!



E quando você se cala, para de reclamar, de murmurar, de blasfemar, e então, abre a voz do seu coração e começa a adorá-lo, pois como Ele habita no meio dos louvores do seu povo, sua adoração, será a casa do amado, e onde Ele mora, como diz uma canção “não há tristeza, não há dor, não há choro!” Aleluia!



“Eis que passava o Senhor; e um grande e forte vento fendia os montes e despedaçava as penhas diante do Senhor, porém o Senhor não estava no vento; depois do vento, um terremoto, mas o Senhor não estava no terremoto; depois do terremoto, um fogo, mas o Senhor não estava no fogo; e depois do fogo, uma brisa tranqüila e suave.” (1 Reis 19.11-12.) E eis que Ele, o Senhor, falou com Elias no silêncio da brisa tranquila. É no silencio do seu ser que Ele quer falar com você.



Deus abençoe,



http://www.creio.com.br/2008/mensagens01.asp?noticia=461

4 comentários:

Francisco Castro disse...

Olá!

Linda mensagem que nos leva a refletir sobre o significado de cada momento de nossas vidas. Muitos momentos que muitas vezes não damos muito valor ou importância podem ser bastante valiosos e podemos tirar grandes proveitos.


Abraços

Francisco Castro

Mr.Jones disse...

Um texto sereno, calmo e tranquilo...
perfeito
abçs

Principe Encantado disse...

è no silêncio que escutamos a voz de Deus.
Abraços forte

Fernandez disse...

Olá amiga Isma!
Um texto muito bom. Gostei muito.
Forte abraço, Fernandez.