Seguidores

Ola ! quer falar comigo?

domingo, 6 de setembro de 2009

Humildade












Em entrevista para revista veja ,o Vice- Presidente José Alencar disse estar preparado para a morte mas, o que me chamou atenção foi sua humildade.

Em um trecho da entrevista ele ressalta dois pontos os quais achei muito importantes:

- A doença me ensinou a ser mais humilde. Especialmente, depois da colostomia. A todo momento, peço a Deus para me conceder a graça da humildade. E Ele tem sido generoso comigo. Eu precisava disso em minha vida. Sempre fui um atrevido. Se não o fosse, não teria construído o que construí e não teria entrado na política.

- Não, porque a humildade se desenvolve naturalmente no sofrimento. Sou obrigado a me adaptar a uma realidade em que dependo de outras pessoas para executar tarefas básicas. Pouco adianta eu ficar nervoso com determinadas limitações.

Uma das lições da humildade foi perceber que existem pessoas muito mais elevadas do que eu, como os profissionais de saúde que cuidam de mim. Isso vale tanto para os médicos Paulo Hoff, Roberto Kalil, Raul Cutait e Miguel Srougi quanto para os enfermeiros e auxiliares de enfermagem anônimos que me assistem.

Cheguei à conclusão de que o que eu faço profissionalmente tem menos importância do que o que eles fazem. Isso porque meu trabalho quase não tem efeito direto sobre o próximo. Pensando bem, o sofrimento é enriquecedor.

Muitas pessoas que não tem o temor Deus em situações iguais a esta se maldizem, blasfemam contra Deus, ficam rancorosas .Acredito ser este fator que piora o seu quadro mas, com relação ao quadro de saúde do vice-presidente podemos encontrar uma demonstração de humildade e luta pela vida.



Mateus 5:5 - Felizes as pessoas humildes, pois receberão o que Deus tem prometido.


Leia a entrevista na integra em:

http://veja.abril.com.br/090909/estou-preparado-morte-p-78.shtml

3 comentários:

Viviane Righi disse...

Linda mensagem...
Ao final do texto, fica uma sensação de alívio, não pela grave doença de uma pessoa, é claro, mas pela riqueza interior que o sofrimento, bem trabalhado, é capaz de proporcionar.

Muita paz e saúde ao Sr. Alencar... e que ele consiga superar todas as dificuldades com resignação, fé e muita confiança em Deus. Dias melhores virão!

dol-men disse...

Oi Ismaelita, faz tempo que venho acompanhando o drama do vice-presidente e sua coragem. Parece mesmo que os testes mais difíceis, são reservados para os melhores alunos. Acho que a doença, é o maior desafio que um ser-humano pode enfrentar. E admiro as pessoas que passam por isso sem desanimar e ainda conseguem tirar dessa experiência valioso aprendizado. Afinal, quando temos saúde, é bem mais fácil lutarmos para resolver nossos problemas. A doença não é apenas prenúncio da morte, que muitas vezes nem chega. Parece ser isso sim, uma pausa para nos obrigar a reflexão, um tempo na nossa correria diária, para que possamos rever nossos valores. E é mesmo uma grande chance de se aprender sobre humildade. A doença, nivela a todos, pobres e ricos, inteligentes e ignorantes, todos estamos sujeitos a ela. E quando a gente se dá conta disso, perdemos muito da nossa arrogância, como parece estar acontecendo com o vice-presidente. Porque, caso contrário, dificilmente conseguimos parar para fazer isso. As próprias férias que conseguimos tirar a cada ano, nos trazem mais correria ainda, e gastamos nosso tempo viajando e passeando, raramente pensando na vida. Agora, fico pensando que o José de Alencar está lutando com toda estrutura financeira, com excelentes médicos e hospitais. Já pensou nas pessoas que ficam horas nas filas dos nossos postos de saúde, com todo aquele atendimento precário? Os que conseguem sair fortes e serenos de lá, não são só corajosos, são quase heróis. Ótimo texto. Adorei. Abs Denize

Dan disse...

Humildade é uma das principais características que todo ser humano deve ter, e vejo que você também tem o temor de Deus, parabéns pelo post !